Se você já visitou Santiago do Chile, uma das coisas que certamente te chamou a atenção é que essa cidade é fortemente dividida, tendo como fronteira natural a famosa Plaza Italia, que a divide em dois blocos: as classes mais altas e os setores populares.

Esse fato, que lamentavelmente aumenta a desigualdade e gera prejuízos, tem como única utilidade (para ser um pouco otimista) ser um guia rápido para quem não conhece a cidade saber quais são os lugares mais seguros de Santiago e em quais deveria ter algumas precauções. Não queremos estigmatizar um setor ou outro, pois é um dado estatístico que as comunas mais populares estejam da Plaza Italia para baixo, o que compreende o setor poniente de Santiago, enquanto aquelas que têm maior poder aquisitivo estão da Plaza Italia para cima, ou seja, habitam o setor oriente da capital em direção a cordilheira.

Como entendemos quais são os lugares mais seguros de Santiago?

A Comuna de Santiago Centro, onde estão localizados o centro comercial da cidade e a cidade histórica com suas atrações (La Moneda, o Museu de Belas Artes, Cerro Santa Lucia, Catedral de Santiago, etc.), estão localizados no setor ocidental, sendo mais próximo da Plaza Italia. Portanto, é uma comuna onde alguns setores podem não estar entre os lugares mais seguros de Santiago. Enquanto você pode andar com paz de espírito pelo Bairro Bellas Artes ou Lastarria, faça-o com cuidado em setores próximos ao Mercado Municipal, Paseo Estado, Paseo Ahumada ou Paseo Huérfanos. Sem medo, mas atento; como transitam muitos pedestres, isso pode ajudar a ação de batedores de carteira. Uma consideração importante é que se deve evitar conhecer as Poblaciones (espécies de comunidades ou favelas), como por exemplo: La Bandera, La Victoria, La Pintana ou La Legua, lugares que são difíceis até mesmo para aqueles que habitam a cidade e que realmente não entram na lista dos lugares mais seguros de Santiago.

O quadro é bem diferente para aqueles que moram no setor leste. Aqui os níveis de criminalidade são baixos e a urbanística melhora consideravelmente, pois são financiados pelos contribuintes que vivem nestes bairros e não apenas pelas contribuições. Portanto, este setor pode ser considerado com um dos lugares mais seguros de Santiago. Entre os bairros visitados pelo público brasileiro, podemos encontrar Providencia (mais próximo à Plaza Italia) Vitacura e Las Condes, três comunas que hospedam os shoppings centers mais importantes da cidade: Costanera Center, Parque Arauco e Alto Las Condes.

Ao falar sobre os lugares mais seguros de Santiago e os que não são tão seguros, é importante lembrar que o crime mais comum na cidade é o furto. Dificilmente você verá ou saberá de um assalto a mão armada aqui. Porém, ouso dizer que, em geral, Santiago oferece um quadro muito melhor do que outras capitais latino-americanas. Você poderá andar com confiança se escolher os lugares corretos e horários adequados. Mesmo assim, é bom estar alerta e, independentemente de onde você estiver, deve manter suas coisas à vista para não sofrer qualquer inconveniente.

2 COMENTÁRIOS

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.