Festas pátrias no Chile: dias 18 e 19 de Setembro

348
Santiago 16 de Septiembre 2014 (UPI) El alcalde de Maipú, Christian Vittori, participa en un desayuno 'guachaca', con tortillas de rescoldo, leche de burra, sopaipillas, pebres, arrollado de huaso, terremoto, pipeño, pailas de huevo. Esto acompañado de bailes, cantos folclóricos, cueca chora y brava, para dar inicio a estas Fiestas Patrias en la comuna. (UPI/Karin Pozo

Festas pátrias no Chile: dias 18 e 19 de setembro com uma das festas mais tradicionais do país!

Durante grande parte do mês de setembro se comemora as Festas Pátrias (ou Fiestas Patrias em espanhol) no Chile e é um mês no qual se concentra a comemoração da Chilenidade através de todos os rituais que compõe a identidade nacional. O Chile conquistou sua independência definitiva da Espanha no dia 12 de fevereiro de 1818, mas foi no dia 18 de setembro de 1810, através da comemoração da primeira Junta Nacional de Governo, que se deu o primeiro passo para a consolidação deste processo.

Para garantir que todos os chilenos possam comemorar devidamente sua cultura, o estado chileno decreta como feriados irrenunciáveis para o comércio os dias 18 e 19 de setembro, permitindo assim a realização das Festas Pátrias no Chile. No dia 19 se comemora as “Glórias do Exército”, no qual se recordam as vítimas militares, especialmente as que garantiram o êxito do processo de independência. Como comemoração, grande parte das cidades paralisam seu movimento habitual, pois as ruas são ocupadas por desfiles militares e navais, especialmente na cidade de Santiago, onde se realiza a grande Parada Militar, realizada na explanada do Parque O´Higgins, onde o Estado chileno exibe o desenvolvimento das suas Forças Armadas. Isso acaba gerando orgulho em alguns, que permanecem horas esperando que o espetáculo comece, mas grande desconcerto na maior parte de uma sociedade que hoje está mais interessada em concentrar esforços e riquezas na reivindicação da saúde e da educação, assuntos que têm cobrado interesse público durante os últimos anos.

É importante que quem viaje na época das Festas Pátrias no Chile tenha conhecimento dessa comemoração, pois podem modificar os planos traçados previamente. Os grandes centros comerciais, supermercados e comércio em geral permanecerão rigorosamente fechados. Somente podem abrir os pequenos negócios atendidos pelos próprios donos e lugares que oferecem serviços de divertimento como cinemas e restaurantes, fato que é constatado através de uma estrita fiscalização.

Mas existe outra parte do Chile que é incrivelmente dinâmica e que faz parte do circuito de comemoração das Festas Pátrias. As chamadas “fondas” e “ramadas”, lugares de baile e gastronomia, geralmente de construção improvisada, pois muitos deles se desarmam depois que terminam as festividades. São nestes lugares onde se dança a “Cueca”, dança nacional chilena, e se degusta uma grande variedade de pratos típicos. Esse ano a comemoração das Festas Pátrias no Chile será longa, pois a inauguração das Fondas e Ramadas será na terça-feira, 17 de setembro a noite, e irá se prolongar até Domingo, dia 22, aproveitando para incluir o fim de semana prolongado, estendendo assim, os lucros dos “Fonderos” e dos comércios associados.

O epicentro popular das festas pátrias no Chile é o Parque O´Higgins, onde se instalam lugares de baile e comida e onde o Presidente da República inaugura com um pie de Cueca a “Fonda Oficial”. Agora, se a ideia de vocês é ficar bêbado com “Chicha”, comer “anticuchos” até não querer ver mais carne de boi na sua vida e aprender com perfeição o sapateio da “Cueca”, é necessário que saibam que esse pode resultar ser um lugar um pouco perigoso, dado ao seu caráter popular. Uma opção melhor pode ser o Bar “The Clinic” na esquina das ruas Monjitas com Miraflores e as Fondas do Parque Inés de Suárez na comuna de Providencia.

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.