Cafés em Santiago: Colmado Coffee & Bakery

239

Colmado Coffee & Bakery, um café em Santiago para sentar e conversar sobre a vida.

De acordo a Real Academia Espanhola “Colmado” significa abundante, satisfeito. Não obstante, desde tempos ancestrais existiram pequenos recintos em alguns lugares do mundo que têm recebido este mesmo nome. Antigas lojas de comestíveis localizadas no coração de um bairro, onde gerações da mesma família adquiriam produtos que parecem superar ao tempo e as grandes marcas multinacionais. O Colmado Coffee & Bakery se transformou em um desafio de mercado. Um café em Santiago que é autêntico, sustentado pela tradição e pela fidelidade de um cliente da vida inteira, onde é possível conhecer o dono pessoalmente e se sentar um momento depois de comprar o pão, para conversar sobre a vida.

Na verdade, isto é o Colmado Coffee & Bakery, um pequeno empório e café em Santiago que pareceu nascer de um dia para outro, como emergido de uma lenda que fala de outras terras. Localizado na rua Merced, dentro de um quintal interior e junto a lojas do circuito nacional, uma pequena janela rodeada por luzinhas douradas que expelem uma luz que aquece o entorno e promete calor. Sem pensar duas vezes decidimos entrar. Dentro tinha muita gente, alguns em pé, outros em pequenas mesinhas e outros que decidiram se sentar em uma grande mesa que convidava a conversar, juntar xícaras e bater copos desconhecidos com a desculpa desta obrigada proximidade. Estávamos decididos a comer algo rápido, mas foi impossível. Sobretudo, o espírito desse café em Santiago está em ir numerando detalhes e em fazer deles uma experiência, em ir descobrindo como uma identidade pode caber em uma xícara de café, em uma fatia de pão, em um pedaço de presunto serrano. Sem procurar, ficamos ali algumas horas.

Nossa primeira surpresa foram Ina e Manolo, os pais desta ideia. Ele, chefe com vocação pela cozinha de autor, e ela a design que sonhou muitas vezes em como deveria ser este lugar. Ambos vieram de Barcelona com a certeza de que traziam nas mãos o necessário para começar de novo. O amor por um projeto, por uma identidade, e a ideia de replicá-los em um território tão distante como o Chile, para assim perpetuar e crescer.

No Colmado Coffee & Bakery vemos uma máquina que parece extraída dos desenhos de algum excêntrico inventor. Ela se chama Hario Dripper e é um dos sistemas de extração de café por método de infusão (brew coffee), respeitando a natureza do grão ao permitir mostrar todo o espectro dos seus matizes. O café é comprado verde, geralmente do Peru e da Colômbia. Trazido verde, é tostado em Santiago, que possamos degustar o café sempre fresco no seu melhor momento, que é dentro do primeiro mês de tostado. Além disso, este café em Santiago trabalha com variedade 100% arábica. Não existe no Chile uma vocação similar para oferecer uma tão fina cultura do café, o que permite um resultado único.

A comida do Colmado Coffee & Bakery em Santiago.

A escolha do nosso prato não foi fácil, porque as descrições convidavam a divagar entre as possibilidades dos seus sabores. Finalmente nos decidimos por um sanduíche de Butifarra na chapa, o qual leva cebola caramelizada e molho do Chile agridoce, e um sanduíche de Bull Blanc, com berinjela escabeche e molho ravigotte, acompanhados de café americano e chá vermelho tibetano. Devo reconhecer que quando chegaram na mesa tivemos dúvidas se era ou não possível que os sanduíches pudessem combater nossa fome voraz, mas com certeza eles provaram que estávamos errados. A contundência dos pratos está dada porque o sabor se exibe sem maquiagem. De maneira rústica, os embutidos se unem ao pão artesanal para logo serem suavizados pelos molhos e vegetais marinados ou cozidos em substâncias que parecem dar um novo significado a tudo isso. Ante tal satisfação, com dificuldade conseguimos comer a deliciosa torta de chocolate e a cerveja Kunstman Bock, com geleia de morango e frutas vermelhas que nos encantou porque, longe de ser muito doce, nos presenteou com um sabor final tímido e tostado da cevada.

Não conseguimos sair deste café em Santiago sem levar para casa um pão artesanal fabricado no próprio Colmado Coffee & Bakery. Dispostos em um grande cesto, parecem descansar depois das longas horas de fabricação que precisaram para chegar ali. Este pão é uma espécie de documento que fala de si mesmo e da sua história. Fabricado com massa mãe, feita com levedura natural obtida a partir de uma fermentação a uma temperatura controlada de água e farinha por uma semana, esta vai se alimentando cada vez que se faz o pão. Um universo inteiro germinará dentro dela para dar vida a uma massa que dever ser acariciada por quem a faz com intervalos de tempos de espera. Com a paciência e a prudência de quem sabe que dará origem a algo único, autêntico. Comer este pão é conhecer seu sabor genuíno e entender profundamente seu significado.

Ao sair contamos a Manolo que íamos felizes e ele nos diz que essa é a sua tarefa, sua procura. Aquele que elabora não quer necessariamente uma relação com sua Espanha natal, mas sim uma relação com um modo próprio de fazer as coisas; um modo que não é imitável simplesmente porque o pertence. Esse patrimônio é o que pode ser degustado ali, dia a dia. Sim, saímos daquele café em Santiago felizes, mas também abundantes, satisfeitos. Colmados, como tem que ser!

Endereço: Quintal interior de Merced 346, Lastarria- Santiago de Chile.
Metrô: Bellas Artes ou Universidad Católica.
Horário: 08:00 a 22:00

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.