Com certeza vocês já escutaram a recomendação de não voltar do Chile sem comprar uma peça da famosa pedra Lapislázuli. Por isso as diferentes lojas que oferecem jóias deste produto são visitadas constantemente pelos viajantes brasileiros. É por isto que se torna importante ter claras algumas considerações na hora de decidir onde comprar.

Para quem não conhece esta pedra semipreciosa, podemos comentar como breve introdução que é uma pedra composta de minerais como Azurita e Silicato Cálcico, o que faz que tenha característica cor azul. Os jazimentos mais importantes da atualidade se localizam no Afeganistão e Chile, especificamente no jazimento “Flor de los Andes”, localizado a 3600 metros sobre o nível do mar, na cordilheira de Ovalle. O Chile é o único país do mundo onde se entalha o Lapislázuli, é dizer, onde unem o metal e mineral em uma única peça, sendo assim o único exportador de jóias de Lapislázuli para Europa e USA, o que da origem a fama do nosso país nesta matéria.

A má noticia, é que o Lapislázuli está sendo falsificado por plástico e outros minerais, sendo vendidos nas feiras artesanais e inclusive nas lojas estabelecidas. Agora bem. Detectar a autenticidade do Lapislázuli não é fácil. De todas maneiras uma consideração básica é que devemos observar na pedra certas inclusões ou manchas de cor metálica. Esta é a evidência da presença da “pirita”, que é a que determina ao final, que o mineral seja legitimo. De não existir as manchas, existem altíssimas possibilidades de que seja uma imitação sintética, uma pedra branca tingida de “Sodalita” uma pedra similar, mas de muito menos valor ou acrílico. Existe quem aconselham que uma boa opção é submeter a pedra ao calor de um isqueiro. O Lapislázuli é incombustível, enquanto que uma imitação plástica não demorará em se derreter.

Sem dúvidas uma das melhores recomendações é comprar em lugares estabelecidos e de tradição, que tenham experiência no mercado e entreguem garantia pelo produto. Se informar antes é fundamental. Com isto você não terá que investir tempo em revisar a qualidade do matéria e poderá só se preocupar de escolher a peça que você mais goste.

3 COMENTÁRIOS

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.