Cafés em Santiago: o Café de la Barra

165

Café de la Barra: um café em Santiago que mistura o cosmopolita com a vida de bairro.

Se existe um lugar que visitamos habitualmente é o Café de la Barra. Este café em Santiago está no coração do bairro Bellas Artes e foi capaz de se sintonizar com o latir de um bairro que vive a frente do seu tempo. Batizado como “gay friendly”, a cada dia transita no Café de la Barra uma enorme quantidade de artistas, intelectuais e fashionistas, o que tem terminado por dar a identidade de um espaço que mistura o cosmopolita com os aspectos mais íntimos da vida de bairro. E é exatamente por esse motivo que há alguns anos tomamos a decisão de que este café em Santiago seria o lugar em que situaríamos o nosso lar; que seria o lugar que recorreríamos cada dia para chegar ao nosso trabalho, para fazer nossas compras semanais, ou para escapar da rotina e tomar um café. Dentro desta última e transcendental necessidade nas nossas vidas (somos ambos fanáticos do chá e do café, respectivamente), é que fizemos do Café de la Barra um cenário importante do devenir das nossas vidas. E existem muitas razões para isso. O Café de la Barra é um um lugar cálido, que te protege quando você entra, te incorpora ao seu ritmo, ao seu cheiro, ao seu tempo. A comida é abundante, seus sandwiches são generosos, suas bebidas são variadas e no menu de chá está a coleção Inti Zen e Chamana, criados pelos que devem ser os sommelier de chá mais famosos do mundo: os argentinos Ines Bertón e Guillermo Casaroti.

Visitar este café em Santiago tantas vezes nos fez ir conhecendo seus períodos e, durante esta etapa, fomos descobrindo que é muito mais encantador visitá-lo durante os finais de semana. A atenção é mais dedicada e eficiente, até mesmo quando está cheio, e o público visitante vai com a vontade de olhar através de um janelão e ver como as pessoas e suas vidas passam, ou de parar no meio do ruído para fazer parte do silêncio no qual nos deixa alguma canção, alguma melodia que soa hoje, ou no passado.

Este dia Domingo decidi tomar a câmera e documentar uma jornada de leitura na companhia dos meus instrumentos favoritos, como se sem querer fosse protagonista de uma cerimônia improvisada: um livro, uma xícara de um maravilhoso e almibarado chá esquentando minhas mãos e o satisfatório cansaço que fica na alma após transitar pelo espaço que amamos.

Para acompanhar meu Chamana Allegra, uma mistura de roibos, canela, limão e crocante, decidi optar por um dos meus favoritos do menu do Café de la Barra: o delicioso Sandwiche de la Barra, o qual honra o nome do café porque incorpora o melhor dos seus ingredientes: uma generosa quantidade de presunto Serrano acompanhado de tomates secos, queijo em creme e suaves folhas de rúcula em pão de azeitonas.

Degustei com entusiasmo e comprovei mais uma vez, o que foi uma decisão acertada. Para terminar, pedi um bolo que a estas alturas já é um clássico. Devido ao tempo de permanência e a demanda do público, o bolo de cenoura ganhou o coração e o estômago de muitos. Com o seu maravilhoso frosting de manteiga e a sua alaranjada capa fresca de cenoura ralada, entrega doçura e neutraliza qualquer amargura, despedida, ou pena de amor. E se você está feliz, provar este bolo te dará um excelente motivo para seguir estando!

Se você está caminhando pelo bairro Bellas Artes, pare um momento neste café em Santiago para olhar através dos seus enormes janelões como a vida “Santiaguina” acontece. E, quem sabe, nos encontramos lá.

Endereço do Café de la Barra: José Miguel de la Barra 455

Fone: (2) 2638 2665

Webface: https://www.facebook.com/cafedlb

2 COMENTÁRIOS

  1. Olá, estou adorando o blog. Parabéns.
    Irei a Santiago dia 16 próximo, mas estou cheia de dúvidas com relação aos preços de alimentação. Já ouvi comentários que é tudo muito caro:(
    Por exemplo, quanto custou esse sanduíche, bolo, café…
    No post do bairro Itália tem alguns preços, mas nesse não.
    Falar nisso, onde fica o bairro Italia? Achei um charme! É longe do Centro de Santiago?

    • Olá Emiliana, tudo bem?
      A alimentação em Santiago é complicada, geralmente bastante caro. A média nos restaurantes é de 10.000 pesos o prato. Sempre recomendamos procurar opções de almoços executivos. Aqui no bairro Italia nós almoçamos sempre no Silvestre. Almoços executivos que custam até 6.000 pesos com chá frio incluso. Os pratos são preparados na hora e é uma cozinha de autor, dois chefs feras!

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.